Skip to main content

Ferrovias subavaliadas

Valores de outorga das concessões de ferrovias estão subavaliados, conclui Ferrofrente

Ferrofrente

José Manoel Ferreira Gonçalves, presidente da Ferrofrente

Entidade encaminhou documento ao novo ministério da Infraestrutura sobre essa e outras distorções, que deveriam ser melhor analisadas antes do leilão programado para 15 de março, sob o risco de prejuízo aos cofres públicos

O governo federal tem a expectativa de iniciar já em março um amplo programa de concessões e privatizações, começando por leilões de ferrovias, como os das linhas Norte-Sul (edital de R$ 1 bilhão), Oeste-Leste, na Bahia, e a Ferrogrão, entre o Mato Grosso e o Pará. Leia+Mais→

Problemas da linha 17 monotrilho de São Paulo

A Ferrofrente é autora de ação judicial sobre a Linha 17 Ouro. O MP e o Tribunal de Contas engrossam o coro de questionamentos às obras paralisadas

Linha 17

O atraso nas obras do monotrilho paulistano – a linha 17 Ouro – ganhou mais um capítulo nesta semana, após uma notificação do Tribunal de Contas do Estado ser encaminhada para o Metrô, solicitando mais esclarecimentos sobre as obras paralisadas.

A Ferrofrente – Frente Nacional pela Volta das Ferrovias já havia alertado as autoridades sobre o abandono da obra em ação civil pública ajuizada há dois anos, ressaltando que a prova era uma promessa para a Copa do Mundo de 2014 e, naquele momento, já era uma das expressões do fracasso do legado do evento esportivo. Leia+Mais→

Problemas nas linhas da CPTM

Falta de manutenção afeta as linhas de transporte ferroviário urbano na Grande São Paulo e prejudicam 2,5 milhões de usuários

José Manoel Ferreira Gonçalves, da Ferro Frente

Se as chuvas persistirem nos próximos meses, São Paulo deve se preparar para enfrentar sérios problemas em suas linhas de trem dedicadas ao transporte de passageiros.

Essa é a avaliação do presidente da Ferro Frente, José Manoel Ferreira Gonçalves, sobre as crônicas paralisações das linhas da CPTM na região metropolitana. A situação se agrava ainda mais pela falta de manutenção preventiva no sistema – os contratos para esses serviços estão vencidos, e o governo do estado não abriu nova licitação, limitando-se a realizar reparos pontuais nas linhas. Leia+Mais→

Aplicativos de transporte contribuem com a economia

Após Lei que regulamentou os aplicativos de transporte, motoristas precisam seguir regras para continuar oferecendo o serviço

aplicativos

O primeiro aplicativo de transporte privado individual a chegar ao Brasil foi o Uber, em 2014. Os últimos dados da empresa, de fevereiro de 2018, contam com mais de 500 mil motoristas e mais de 20 milhões de usuários no país. Apesar do pioneirismo, a própria empresa declara que “é preciso oferecer uma gama cada vez mais ampla de opções de deslocamento às pessoas para encarar o desafio da mobilidade nas grandes cidades”. Leia+Mais→

Planejamento urbano viabiliza a mobilidade

O ritmo de crescimento das cidades ao redor do mundo e os problemas dele decorrentes, como falta de saneamento, habitação precária, degradação do meio ambiente e insegurança, têm sido objeto frequente dos mais variados debates, com o propósito de se encontrarem soluções técnico-financeiras que levem mais bem-estar aos cidadãos.

mobilidade

Faixa de ônibus na rua da Consolação, região central de São Paulo

Um dos assuntos mais falados atualmente refere-se à mobilidade urbana. O tema está na moda! Morar numa cidade grande onde o sistema de transporte coletivo não atende às necessidades de seus habitantes é um ônus insuportável a médio e a longo prazo. Perder horas no trânsito por excesso de veículos, estar sujeito a assaltos e às intempéries ou ser surpreendido por falha dos ônibus e trens são situações que ninguém está mais disposto a enfrentar. Daí as inúmeras propostas, públicas e privadas, novas e antigas, que têm pautado o desenvolvimento e crescimento das cidades brasileiras, como o metrô, corredores de ônibus, Uber, carros e bicicletas pay-per-use, patinetes elétricos e aplicativos GPS. Leia+Mais→

UFSCar no Desafio Bike Bus

Estudantes da UFSCar participaram do Desafio Bike Bus e criam solução para o transporte de bicicletas em ônibus

Bike Bus

Estudantes vencedores do Desafio Bike Bus

Três grupos de estudantes da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) participaram do Desafio Bike Bus que aconteceu no último final de semana de agosto – entre os dias 24 e 26 – durante a Feira Bike Brasil 2018, considerada o maior evento de bicicletas da América Latina e que recebe atletas (profissionais e amadores) e as principais marcas do segmento. Em parceria inédita, a Viação Cometa convidou alunos da Universidade para desenvolverem a melhor maneira de transportar bicicletas, em suportes seguros e funcionais, dentro dos bagageiros dos ônibus da companhia. Leia+Mais→

Semana Nacional de Trânsito em 2018

Iniciativa é realizada desde 1997 e promove campanhas educativas para conscientizar a população sobre o papel de cada um na redução de acidentes

Trânsito

Um dos impactos positivos da Lei Seca, em vigor no Brasil há 10 anos, é a redução de 2,4% do número de mortes por acidentes de trânsito no país. Os estados que registraram quedas mais significativas foram São Paulo (25,4%), Espírito Santo (21,8%), Santa Catarina (19%), Distrito Federal (17,5%) e Paraná (15,9%). Em contrapartida, houve aumento da mortalidade no Pará (39,4%), Maranhão (39%), Piauí (37,2%), Bahia (36,8%) e Tocantins (26,5%). Leia+Mais→

Longe da meta de Segurança Viária

Brasil precisa alcançar meta da Década Mundial de Ações para a Segurança Viária, de acordo com a ONSV, a formação dos condutores é fundamental para mudar a realidade brasileira

Segurança Viária

Inciativa da ONU pretende reduzir em 5 milhões os números de mortes no trânsito em todo o mundo até 2020

O período de 2011 a 2020 foi definido pela Organização das Nações Unidas (ONU) como a Década Mundial de Ações para a Segurança Viária, com o objetivo de reduzir em 5 milhões o número de mortes no trânsito – o que representa 50% da projeção do número de óbitos causados por sinistros no mundo para 2020. A Perkons entrou em contato com a Organização Nacional da Segurança Viária (ONSV) para saber como está o Brasil no cumprimento da meta. Leia+Mais→